segunda-feira, setembro 12, 2011

LENÇÓIS MOVEDIÇOS BRANCOS DE CETIM

O que não me pertence eu não ofereço a ninguém. Amor dos outros é amor dos outros, é sagrado. Um amor inspirado em um inverno de umidade extremamente baixa é um amor praticamente fadado ao fracasso. É um amor que supostamente não resistirá às primeiras chuvas primaveris. É um amor seco, árido, opaco, sem futuro. Admita.

Admita que os versos contidos nas parábolas e elipses do vôo ininterrupto do beija flor cego duram até que seu coração pare de bater, pois o pavor de pousar lhe faz versar até o último pulsar em seu diminuto peito amante da vida. Queira logo um gole do vinho tinto sagrado com o qual o mestre brindava aos seus principais convivas e comensais. Queira em vida, e vida abundante. Queira enquanto o teu querer é capaz de mover montanhas.

Não tenho nenhum dragão para enfrentar. Ai de mim assim, sem dragão medieval para enfrentar, sem dragão asiático para mitificar, sem uma Harley Davidson para montar! Não tenho uma rainha para saudar, e isso é melancólico como a cólica seguida da cólera vespertina. Ai de mim sem rainha para saudar! Pensando bem e mais além, pensando no coletivo, não temos futuro como não tiveram os punks na Inglaterra ou no ABC paulista. Ai de nós que nem punk somos!


Por aquela rua que só desce fui pra nunca mais subir. Não é questão de capricho. Nem princípios de beira de precipício. Questão de amor próprio, amor precioso, amor principal, preciso. E não é questão apenas de um amor qualquer como pode imaginar ter sido. Questão de amor é coisa séria. Não brinco com isso. E seria coisa mais séria ainda, não fosse o cotidiano nosso de cada dia que nos dai hoje.


Seja grande. Não seja um pigmeu sem caráter, sem pigmento brioso na face, sem nobreza no olhar. Converse com as flores. Ouça o que diz o dia. Respeite o amor que se move no horizonte.


Tome em seus braços a vida faceira que se espreguiça pelos lençóis movediços brancos de cetim. Queira o beijo fresco da manhã sabor hortelã. Queira a feroz, mortal, angelical maçã em que o inverso agonizante injetou a nova primavera. Queira teu bem. Desvie de teu mal. E lembre-se que o que não me pertence eu não ofereço a ninguém. Amor dos outros é amor dos outros, é sagrado. Um amor inspirado em um inverno de umidade extremamente baixa é um amor praticamente fadado ao fracasso. É um amor que supostamente não resistirá às primeiras chuvas primaveris. É um amor seco, árido, opaco, sem futuro.



Obs. Foto realizada na cidade de Delfinópolis MG. ObsII. Solicito o seu voto no Top Blog 2011. Caso queira, clique no selo abaixo do meu perfil. Obrigado!

69 Comentários:

Blogger Lindsay Mol disse...

olá Jefferson, obrigada pela visita no meu blog... e que bom que vc tbm se cuida e luta por uma vida saudável! Precisando de ajuda, eis-me aqui viu!!!

adorei seu blog.. todos os textos sao teus???

abraços, Lindsay

12 de setembro de 2011 18:07  
Blogger Rosélia Santos disse...

Não ia conseguir dormir sem reler está maravilha. Parabéns amigo Jefh. Apaixonada estou por seu espaço. Abração.

12 de setembro de 2011 18:10  
Anonymous Mara disse...

Lindo! Adorei.

12 de setembro de 2011 18:23  
Blogger Ma Ferreira disse...

Jefh.... só voce a esta hora da noite, em que meus insistem em se fechar, consegue prender minha atenção na tua tão bela escrita.

"Seja grande. Não seja um pigmeu sem caráter, sem pigmento brioso na face, sem nobreza no olhar. Converse com as flores. Ouça o que diz o dia. Respeite o amor que se move no horizonte.."

Só vc...

Com carinho e admiração...

12 de setembro de 2011 19:20  
Blogger Suziley disse...

Que prosa poética, que texto cheio de encanto. Palavras e sentimentos. Momentos. Parabéns, Jefh! Boa semana :)

12 de setembro de 2011 19:50  
Blogger Leka disse...

Olá! Tudo na paz?!
Obrigada pela visita lá no meu blog de artesananto!
Gostei muito dos textos e tô ficando por aqui!
Te convido a visitar meu outro espaço, o guerra dos mundos!

Bjs, paz e boa semana!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/
http://artesanatoleka.blogspot.com/

13 de setembro de 2011 03:47  
Blogger Adriana disse...

inspirador!

13 de setembro de 2011 04:04  
Anonymous Helena Duarte disse...

Aff tô impressionada, adorei o Amor dos outros é amor dos outros, é sagrado.
Xeros muitos pra ti.

13 de setembro de 2011 07:35  
Anonymous Rosa Melo disse...

Ai de mim...
Genial escritor! Perde-se qualquer palavra vã, na tentativa de elogios.
Lindo demaaiiiiiiiisssssssss!

13 de setembro de 2011 10:21  
Blogger Solange disse...

Jefh...

por que vc postou essa pérola justo hj,que meu coração está sangrando, depois que desci aquela rua sabendo que nunca mais ia subir...

justo hj, em que percebo que o meu amor nasceu no inverno e não sobreviveu até à primavera,
porque eu não resisti a uma loucura,
que talvez sobrevivesse até depois da morte..

justo hj Jefh, que estou como o beija flor.. vivendo sem parar minhas últimas recordações.. com medo de pousar e elas morrerem..

justo hj meu querido, que estou deitada em meus pensamentos..
numa cama sem lençóis..

portanto hj,
eu não comento seu post,
apenas vivo.

bjs.Sol

















justo hj..

bjs.Sol

13 de setembro de 2011 13:33  
Anonymous danielle lourenço disse...

lindo texto. Já o estou compartilhando com amigos.
Bjs Dani

13 de setembro de 2011 15:33  
Blogger Elvin disse...

A cada texto vc me surpreende mais e mais, aiaiaiai pobre coração pra aguentar tudo isso!!KKK Não vou perguntar se é autoria própria, sei que tem capacidade de escrever isso por outros textos que li. E, acho que estou como o beija-flor!!KKK Abraços!

13 de setembro de 2011 17:16  
Blogger O amor tudo Crê, tudo suporta, tudo espera... disse...

Obg pela visita viu...
REALMENTE seu texto é tocante.
Mexeu com meu coração e minhas emoções.
Estou te seguindo.
Fica com Deus moço!!!

14 de setembro de 2011 06:58  
Anonymous JAN disse...

OI JEFH, CHEGUEI DEPOIS DE VC, MAS CHEGUEI PRA DIZER QUE O AMOR PRÓPRIO PODE RESISTIR A QUALQUER ESTAÇÃO.
"LENÇOIS DE CETIM" SÃO "MOVEDIÇOS"... MAS "É BÃO, NÉ?

JAN

14 de setembro de 2011 09:43  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Amigo jefh...se eu escrevesse aqui apenas ADOREII!!! Com certeza você entenderia o quanto foi lindo o que deixou como presente, para todos os seus seguidores neste dia!!! Mas não vou perder a oportunidade de dizer o quanto refleti sobre o assunto e fiquei imaginando como seria nosso mundo, se mais habitantes assim pensassem, chegaremos lá...concordo com você em número, gênero e grau "o que não me pertence eu não ofereço a ninguém...O amor dos outros é amor dos outros, É SAGRADO!" Aplausoss
muitossssssss!!!!
(Em relação ao talentoso "Fabrício Carpinejar",(talvez por eu não gostar de gente "grudenta")
sugerem eu leia "Mulher Perdigueira", diz o nosso poeta que gosta muito de "grude" e que as mulheres deveriam ser mais "controladoras, perdigueiras... Eu não concordo, mas respeito... (sorrioooo)

14 de setembro de 2011 11:03  
Anonymous Deia Bertolli disse...

Oi Obrigada pela visita também! Entrei no seu blog também e dei uma espiada!rsrs Muito bom, parabéns pelo blog! abraços :-) Déia

15 de setembro de 2011 04:23  
Anonymous Suelita disse...

Maravilhoso Jeferson..Adorei seu cantinho, de agora em diante vou estar sempre por aqui...Beijos querido...

15 de setembro de 2011 07:45  
Anonymous Luzinete disse...

Amei o texto, lindas palavras que fazem sentido na nossa vida.Gosto muito de histórias e poesias que fazem nos sonhar um pouco e sair da nossa realidade nem que seja por alguns minutos.Abraços***

15 de setembro de 2011 15:36  
Blogger Bruna Rafaella disse...

Oi...
desculpe minha ausência!
estou num momento extremo, revolta, recomeço,
minha companhia não seria das melhores, mas
posso deixar aqui meu humilde comentário sobre seu maravilhoso texto...
lindo, inspirador,calmo,...
me trouxe a paz e me deixou querendo mais!
adorei!
o que mais? adorei!!!

Beijo.

15 de setembro de 2011 19:49  
Blogger Aninha-Chan disse...

Você escreve muitíssimo bem, amei, toca no fundo do coração.

Eu amo ler e escrever sobre comédia romântica, drama, ficção cientítica, magia e poesias.

Já estou te seguindo!

Parabéns pelo seu talento!

http://ruivakawaii.blogspot.com/

Beijinhos!

15 de setembro de 2011 20:56  
Blogger Srta Saad disse...

Uau...
fico feliz por ter 'encontrado' seu blog.
li este texto e ADOREI,agora lerei mais coisas daqui xD

até um próximo comentário

bjos

16 de setembro de 2011 08:47  
Blogger Messias Daniel disse...

as verdadeiras lágrimas são aquelas que são derramadas pelo verdadeiro amor!
amor de mãe que não sabe o que vai dar pra seu filho comer!amor de pai que trabalha noite e dia sem se deixar fracassar pelo cansaço.amor de quem tem a coragem de disser eu te amo!amor de quem de joelhos jura em um altar amor pra toda vida
amor que fracassa não é amor


bem meu blog esteve meio inativo + agora estou de volta
abçs

16 de setembro de 2011 10:53  
Blogger LANA disse...

OI TUDO BEM JEFH?
SURPREENDENTEMENTE MARAVILHOSAS ESSAS PALAVRAS...
BJOSSSSS

16 de setembro de 2011 16:12  
Blogger JuliaPascuali disse...

Adorei o Blog Jéferson
Tem muitas historias interessantes,vou tentar ler a maioria delas

Parabéns
não deixem de conferir

16 de setembro de 2011 17:23  
Blogger Viviane Heleno disse...

Quanto talento. Adoro as verdades ditas nas sublinhas. Lindo texto. Beijinhos :*

16 de setembro de 2011 17:59  
Blogger Pamela disse...

Você deixou de "ser um homem comum" ao escrever...rs...Em suma: INCRÍVEl!!!

É de pessoas como você que a literatura precisa.

Concordo quando diz "O que não me pertence eu não ofereço a ninguém.".... E é por essa razão que você nos oferece o melhor da literatura...porque você tem o que oferecer....

Abraços querido!!!

17 de setembro de 2011 15:44  
Blogger PILAR disse...

Oi, obrigada pela visita!
Adorei "...Questão de amor é coisa séria. Não brinco com isso. E seria coisa mais séria ainda, não fosse o cotidiano nosso de cada dia que nos dai hoje."...

nos dai hj e sempre...

17 de setembro de 2011 18:05  
Blogger Favo de Mel disse...

Olá , nossa que profundo adorei, abraços.

18 de setembro de 2011 10:02  
Blogger DANIZINHA disse...

UAU...Adorei seu estilo. E li em voz alta para ouvir as palavras cantando. O conjunto é muito bom e, a frases isoladas que são também para se guardar.
beijos
visita meu divã ;)

18 de setembro de 2011 10:11  
Blogger Marly Bastos disse...

Jef, Jef!
Essa sua prosa poética me encantou. Sempre li crônicas suas, mas não tinha visto esse seu lado romântico, lírico, poético e pensador!
"Tome em seus braços a vida faceira que se espreguiça pelos lençóis movediços brancos de cetim."
Essa é a imagem perfeita de uma vida manhosa, amorosa, romântica, saciada e acima de tudo querendo ser vivida em sua plenitude. Deixamos por causa de pequenas coisas, de não ter isso ou aquilo de viver a vida em abundância, fazendo de pequenas faltas, àquelas que nos estagna a vida.
Beijokas doces e uma semana maravilhosa pra você Jef. Sou sua fã, você sabe, pois de forma singela escreves grandes verdades.

18 de setembro de 2011 10:52  
Blogger Jeferson Cardoso disse...

Lindsay Mol, obrigado pelo carinho e atenção! Conto contigo. Abraço!

Rosélia, como consegue ser tão linda e cativante? Imagina como fiquei com tamanha honra? Obrigado, linda! Bons sonhos!

Mara, que bom! Beijo!

Ma Ferreira, você já é um norte para este blog, para este blogueiro. Seu comentário é o carinho que espero após uma postagem. Muito obrigado, linda!

Suziley, que gentil você! Obrigado! Abraço!

Leka, oi! Tudo na paz. Obrigado! Abraço!

Adriana, linda! Obrigado pela atenção e carinho! Abraço!

Helena Duarte, obrigado, linda! Abraço!

Rosa Melo, obrigado! Você é muito gentil. Abraço!

Solange, seu comentário completou o sentimento de minha postagem. Obrigado pela consideração em deixar um tanto de você aqui em meu blog! Beijo!

Danielle Lourenço, espero que seus amigos gostem. Abraço e obrigado pelo carinho e atenção!

Elvin, obrigado pelo carinho e generoso comentário, amigo! Você é um grande nome que sempre brinda esse blog. Valeu!

O amor tudo crê, obrigado, linda!

JAN, bão também! [sorrio]. Abraço!

Nyce, obrigado, linda!

Deia Bertolli, obrigado, linda! Abraço!

Suelita, seja muito bem vinda! Abraço!

Luzinete, fico feliz que tenha viajado no texto. Um grande abraço, linda!

Bruna, espero que logo você esteja em um momento melhor. Você é e sempre será muito bem vinda aqui. Um forte abraço! Paz!

Aninha-Chan, você é muito generosa. Obrigado pela atenção, apoio e carinho! Abraço, linda!

Srta Saad, seja muito bem vinda! Um grande abraço! [sorrio]

Messias, obrigado pelo lindo e poético comentário que veio a enriquecer minha postagem. Um grande abraço, amigo!

LANA, obrigado, linda! Abraço! [sorrio]
JuliaPascuali, obrigado, linda! Leia sim, leia e não deixe de comentar cada leitura. Será um prazer lhe encontrar em outras postagens. Abraço!

Viviane Heleno, que bom que gostou! Obrigado, linda! Abraço!

Pamela, você é muito gentil e generosa. Obrigado, querida! Um forte abraço!

Pilar, obrigado! Um grande abraço!

Favo de Mel, obrigado! Abraço!

DANIZINHA linda, muito obrigado, querida! Que as palavras voem... Abraço!

Marly, simples eu sou, singela é minha escrita. Tenho um caso de amor com a vida [sorrio]. Obrigado por seu generoso comentário que me encheu de alegria, linda! Forte abraço!

18 de setembro de 2011 14:04  
Blogger Fernanda Fraga disse...

Jefferson, não conhecia essa preciosidade que é seu blog. Olha eu chorei aqui... ... ...
Não tenho nem palavras pra descrever.
Um beijo
E já te seguindo por aqui tbm.
Fernanda Fraga.

18 de setembro de 2011 17:19  
Blogger Será que somos tolos? disse...

"Respeite o amor que se move no horizonte."
Lindo!!!
Parabens! Retribuindo sua visita ao meu blog.
http://seraquesomostolos.blogspot.com
Volte sempre !!!

19 de setembro de 2011 06:10  
Blogger Para o meu marido! disse...

Ótimo texto!
Abraço :)

19 de setembro de 2011 12:27  
Blogger Beatriz! disse...

Boa noite querido Jefh!
Desta vez até suspirei ao ler seu post. Isso sim que é amor. Amor verdadeiro, amor sincero, amor real, amor acima de tudo. Parabéns por amar tanto e verdadeiramente assim.
Gostaria de publicar seu texto em meu blog. Posso? Claro que darei os devidos créditos e postarei o link de seu blog para que mais pessoas possam desfrutar das maravilhas de seus textos.Fico no aguardo de sua resposta.

19 de setembro de 2011 15:03  
Blogger Beatriz! disse...

Mas enquanto isso, rsrsrs.
Lá vem ela, com as famosas ....(risos)
Hoje Segunda Feira, dia internacional da dieta, por isso deixo aqui um link para você e a todos que lerem poderem fazer uma nova e radical dieta: http://bit.ly/r2ud6g
Boa dieta, muitos risos e tenha uma semana especialmente feliz e apaixonante.
Bjs...da Bia!

19 de setembro de 2011 15:05  
Blogger Entrevidas disse...

Obrigada pelo convite! Valeu mesmo ganhei boa leituras. Beijos. Agoras sou eu que te convido e te pergunto não gostaria de me seguir? É um prazer ter como amigo.

19 de setembro de 2011 17:08  
Blogger Drika Góes disse...

Oi Jefh, obrigada pela visita!!!
:)

Adorei seu blog, vc escreve muito bem. Esse texto é perfeito!!!

Abçs,

20 de setembro de 2011 05:54  
Blogger Luna Sanchez disse...

Eu também não tenho dragão mas sou devota de São Jorge. Já é alguma coisa, né?

;)

Um beijo.

20 de setembro de 2011 06:49  
Blogger Pandaah disse...

Adorei o texto, você escreve muito bem! Obrigada por ter visitado o meu blog. Abraços,
queridapsicose.blogspot.com

20 de setembro de 2011 15:00  
Blogger elisângela oliveira disse...

Olá Jeferson, obrigado pela visita ao meu blog espero que tenha gostado do que viu e do que leu...gostei muito do texto indicado e escrito por vocÊ e do seu blog tbm. Espero que continue visitando o meu...abraços e até mais...

20 de setembro de 2011 15:21  
Blogger ATELIÊ ANDREA ANDERS disse...

MUITO OBRIGADO PELO VISITA...
ADOREI SEU BLOG...PARABÉNS

21 de setembro de 2011 03:21  
Blogger Beatriz! disse...

Boa tarde Jefh!
Acabei de postar seu texto em meu blog e divulguei via twitter, facebook e orkut. Afinal todos nós merecemos ler essas maravilhas que vc anda postando.
Um forte abraço e até mais.
Att.: Beatriz.

21 de setembro de 2011 09:46  
Anonymous Alline SLeite disse...

Li, reli, ainda acho que preciso ler de novo... ainda muito eufórica pela sua visita ao meu blog, ficava imaginando como seria se alguém um dia leria o que estaria escrevendo... obrigada pelas palavras e meus sinceros desejos de o mesmo à vc!

Voltando... ainda acho que deveria ler mais umas 5x, penso que cada um viveu um pouco ou ainda vive assim, minha quase "batalha" diária é para chegar a esse basta. Mesmo entendendo as reais circunstâncias, e olha, que não é nada proibido, é mais uma questão de amor próprio mesmo. Mas somos Aprendizes, não é mesmo.... esse é meu consolo. Parabéns pelo Blog.... incrível! Me visite mais vezes será um prazer! Abraço de uma Aprendiz!

P.S. Aprendiz tbém no blogger...rs

21 de setembro de 2011 13:00  
Blogger Para o meu marido! disse...

Eu é que tenho sorte de ter um marido como o meu :)

21 de setembro de 2011 19:10  
Blogger Analu disse...

Agradeço com sempre a sua preciosa visita ao meu, e seus textos revelam a sua essência.
mas jamais se esqueça desta belíssima frase:

DEVEMOS AMAR ALÉM DO AMOR

E é assim que ages, como amor em seus textos preciosos.
bjs

22 de setembro de 2011 04:21  
Blogger . disse...

É simplesmente perfeito o texto. Aliás todos eles,é lindo o modo como você vê as coisas! Parabéns!

22 de setembro de 2011 04:48  
Blogger Ma Ferreira disse...

Jefh..tudo bem??

reli seu post novamente... e novamente me encantei.

Espero que esteja tudo bem contigo....

bj

22 de setembro de 2011 06:12  
Blogger Vélciane Aimara disse...

" (...) Por aquela rua que só desce fui pra nunca mais subir. Não é questão de capricho. Nem princípios de beira de precipício. Questão de amor próprio, amor precioso, amor principal, preciso.(...) " Adoreei =)

Obg pela visita. Passarei por aqui sempre que possível, já que com a chegada do bebe as coisas estão bem corridas.

Boa quinta-feira pra ti tbm.
Te cuida, beeeijos.

22 de setembro de 2011 07:09  
Blogger ana costa disse...

Lençois brancos e movediços, escorregam, destapam e expõem o corpo...
Tal como o amor, aquele que é nosso, aquele que não roubamos de ninguem.Percorre o nosso corpo,move-se nele, escorrega das nossas mãos, faz-nos expôr os sentimentos e deixa a nossa alma a nu...
Muito lindo seu texto, já estou a seguir o blog!

22 de setembro de 2011 08:49  
Blogger Z disse...

show! amei o poema!

22 de setembro de 2011 13:29  
Blogger Juliana Matos. disse...

Jefh, estou entrando pouco no blog para comentar, mais é tão bom estar aqui, nesse espaço, sentir em casa é muito bom! Texto bonito, vivemos tantos "amores" por essa vida a fora, cada um que você disse se encaixa; "Um amor inspirado em um inverno de umidade extremamente baixa é um amor praticamente fadado ao fracasso" muito intenso esse trecho, me apeguei a ele! É preciso um amor forte, concreto, seguro, concordo e que seja preciso sempre! Um abraço
da sua tb amiga blogueira!

Juliana

22 de setembro de 2011 17:55  
Anonymous http://nedja-g.blogspot.com/ disse...

Olá Jefh!
"Queira enquanto o teu querer é capaz de mover montanhas" lindo. Parabéns!
Seu blog é incrível muito bom gosto.
Obrigada pela visita, passarei outras vezes pra visita-lo.
Bjos.

22 de setembro de 2011 19:08  
Blogger Izis disse...

Olá Jefh(nome do meu maninho rsrs)Fiquei encantada com o texto,lindas palavras,tudo perfeito,maravilhoso...PARABÉNS pelo lindo blog
e pela sensibilidade em escreve tão lindamente.
Obrigada pela visita,foi uma honra conhecer teu cantinho.Bjinhos no coração!

22 de setembro de 2011 19:36  
Anonymous CorujaPed disse...

Jefh valeu pela visita ao nosso blog do CorujaPed.blogspot.com.

Parabéns pelo bom uso do Dom que lhe foi ofertado, o de escrever.
Creio que suas palavras conseguem o traduzir, pois é esse o resultado daqueles que conseguem traduzir em palavras seus sentimentos e emoções.

Abraço, sucesso e muita felicidade!

Att.,
Alex Raoni Fonseca Damasceno.

23 de setembro de 2011 11:01  
Blogger Beatriz! disse...

Boa sexta Jefh!
Quanto ao post você merece.
Um forte abraço e Feliz Primavera.
Bjs...da Bia!

23 de setembro de 2011 11:09  
Blogger Eliana disse...

Oi Jefh, passando rapidinho só para te desejar... um ótimo fim de semana!!! Um abraço

23 de setembro de 2011 13:39  
Blogger Susy Ramone disse...

Olá Jeferson!
Obrigada pela visita no red Rose. Volte sempre, pois com certeza estarei sempre por aqui também.
Lindas palavras. Frases perfeitas e tocantes. Parabéns!

23 de setembro de 2011 18:01  
Blogger Helprado disse...

Vim agradecer e retribuir a sua visita ao meu Blog. Fiquei surpresa com o que me aguardava no seu espaço. Gostei muito dos textos e do seu estilo de escrever. Não é a toa o seu crescente número de seguidores, dos quais já faço parte. Desejo-lhe muito sucesso e transbordante inspiração. De consequência, a nossa simbiose promete prosperar: você fluindo em boa literatura e nós, seus seguidores, sorvendo da melhor fonte. Parabéns pelo seu talento!

23 de setembro de 2011 19:47  
Blogger Néia Lopes disse...

Obrigada pela visita e pelo comentário! A frase não é minha, é do grande Caio Fernando Abreu.
Adorei teu blog! seguindo... Me segue de volta!
avidaemversos-clopestsouza.blogspot.com
Bjo

24 de setembro de 2011 12:38  
Anonymous Anônimo disse...

Faz tempo que não lhe deixo as minhas impressões jefh... pois bem... tua poesia me encantou, empolgou, tanto que nem percebi que estava a lê-la em voz alta como se quisesse que alguém ouvisse tais palavras tão significantes e que combinam tanto com o dia que vejo pela vidraça de minha janela... Muito bom estar aqui, e é bom ver-te sendo fiel a este espaço amigo... Prossigamos!

Tati Rodrigues

24 de setembro de 2011 16:16  
Blogger Paulo Bouvier disse...

Jefh, tu sabe que eu adoro vier neste teu canto e ler esses bons textos.
Seus textos são como uma miríade pronta para explodir em meu peito, antes de ler, depois de ler.

Amig, fiquei fora por alguns tempos, a vida tem tomado um rumo diferente a cada dia, todavia, estou de volta.
Obrigado pelo carinho em meu blog!

Abraço.

(http://paulobouvier.blogspot.com)

24 de setembro de 2011 17:44  
Blogger cidinha disse...

Olá, Jefh. Passando por aqui. Peço desculpa pela falta, tive problemas com algumas postagens e agora parece tudo bem. È muito bom passar por aqui! Lindo seu post! O amor tem que ser como uma planta, regado cuidado para ser forte e seguro. Grande abraço e bom domingo!

24 de setembro de 2011 20:02  
Blogger Nair Morbeck Sobrinha disse...

que belo texto..uau!

Shalom


http://nairmorbeck.blogspot.com/

25 de setembro de 2011 06:28  
Anonymous Anônimo disse...

Muito Lindo! Bucólico,ao mesmo tempo que contemporâneo, atual, terno e forte, um caldeirão de sentimentos e emoções, todos na medida certa.Você é com certeza um alquimista das palavras, pois as usa com maestria.
Se me permitir gostaria de postar seu texto no meu site.
Beijos
Noélia

25 de setembro de 2011 12:32  
Blogger Vana disse...

Olá Jefh...muito obrigada pela visita q me fez. Obrigada também pelo convite, amei seu texto...de muito bom gosto, toca fundo na alma da gente. Aliás...andei lendo outros também.Retornarei em breve. Ótima semana...abraços!!

25 de setembro de 2011 12:48  
Blogger blloger da luci disse...

obrigada pelo comentário no meu blog,Obrigada também pelo convite,amei seu post continue assim muito bom seu bolg.bjs

Luci

26 de setembro de 2011 07:45  
Blogger Isabel Ienczak disse...

Agradeço o seu comentário sobre a poesia: Oração, que escrevi em meu blog. Quero também agradecer pelo seu convite para eu ler os seus, aliás, muito bons, todos os textos. Tens uma habilidade em relatar sobre o que acontece no cotidiano e fazer com que possamos imaginar e sentir o que escreves. Parabéns!

28 de setembro de 2011 17:25  
Blogger Ceiça disse...

Olha Jefh , vc está me tornando constante nas leituras de seus textos, todavia creia esse foi o melhor! Não encontro palavras para expressar minha admiração por algo tão LINDO! Demais! Falar de Amor é realmente cheio de "viagens" e encantos. Vc está de parabéns por tão bela criação.Que o Deus do Amor toque nos corações para que seja mais e mais divulgado na arte da vida. Só quem conhece o amor pode escrevê-lo tão profundamente.Desejo-lhe uma abençoada semana! Paz e Bem!

6 de novembro de 2011 13:38  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial